Nove listas disputam conselho geral da UPorto

Cerca de 4000 professores e funcionários da Universidade do Porto são chamados dia 1 de junho a eleger os 12 representantes dos docentes e investigadores e o representante dos não docentes e não investigadores no Conselho Geral da instituição para o próximo mandato de quatro anos.

O Conselho Geral é um dos principais órgãos de governo da Universidade, tendo entre as suas competências a eleição do Reitor e, sob proposta deste, aprovar as linhas gerais de orientação da instituição no plano científico, pedagógico, financeiro e patrimonial.

Este orgão é constituído por 23 membros assim distribuídos: 12 representantes dos docentes e investigadores, quatro representantes dos estudantes e um representante dos não docentes e não investigadores, aos quais se juntam seis personalidades externas à Universidade, cooptadas pelos membros eleitos.

O prazo para a entrega de listas terminou a 28 de abril, apresentando-se a jogo nove listas, o maior número de sempre: Seis listas concorrem à eleição dos representantes dos docentes e investigadores e outras três à eleição do representante dos não docentes e não investigadores.

Para a Universidade trata-se de um “claro sinal de vitalidade interna”.

in Diário Economico

Ver original


Parcerias

Arquivo